12 maneiras de você amar seu trabalho

Quão feliz você está no seu local de trabalho? Não importa quão bem você faça o seu trabalho, nem sempre você será apreciado ou recompensado pelo trabalho que faz.

Você também pode enfrentar vários desafios em seu local de trabalho, como:

  • Pouco cumprimento
  • Longas horas e prazos apertados
  • Demandas conflitantes em seu tempo e lealdade
  • Pouco equilíbrio entre vida pessoal e compromissos de trabalho
  • Relações tensas com as pessoas importantes em sua vida
  • Falta de qualquer palavra no trabalho
  • Política interna e estrutura rígida da empresa
  • Intimidação no local de trabalho
  • Poucas oportunidades promocionais

O que você faz para o trabalho faz você pular da cama todas as manhãs? Ou prefere estar fazendo outra coisa?

Não importa quão boas sejam as coisas em outras partes de sua vida, como família, vida social e relacionamentos, o trabalho é uma parte importante de sua vida e não deve ser negligenciado.

Já que, por enquanto, você escolheu estar no cargo em que está, cabe a você, por enquanto, aproveitar ao máximo o que faz. Claro, a longo prazo, você pode mudar de emprego ou até mesmo embarcar em uma nova carreira. Mas por enquanto, você pode amar mais do que você faz agora.

Supondo que, no curto prazo, você não seja capaz de mudar de emprego, há uma série de coisas que você pode fazer para começar a aproveitar mais o que você faz atualmente.

Pergunte a si mesmo – é o trabalho ou é você?

E o que você pode fazer para tornar seu trabalho atual mais agradável?

Pare de agir como vítima. VOCÊ é responsável por sua vida e, se não puder mudar imediatamente o emprego, então depende de você aproveitar ao máximo.

Aqui estão 12 dicas para aproveitar mais seu trabalho atual.

1. Fique motivado para encarar o dia

No caminho para o seu local de trabalho, pense em como o trabalho que você tem lhe permite ter sua vida fora dele, como uma grande vida social. Uma atitude positiva tornará o dia mais agradável e produtivo.

2. Mantenha seu trabalho em perspectiva

Você só pode fazer o melhor que puder em cada situação. Olhe para além de si e do seu trabalho e considere o quadro maior. Faça algum trabalho voluntário para obter uma perspectiva mais ampla. Encontre uma maneira de contribuir para a sociedade em geral.

Veja como fazer para se tornar um profissional freelancer e trabalhar em casa

3. Você é mais que seu trabalho

Não tenha sua identidade muito fortemente vinculada ao trabalho que você faz. Desista de pensar que sua vida profissional “deveria” ser de uma certa maneira. Tais expectativas do que você deveria ser, como definido por seus pais e professores, impedem que você aproveite o que você faz atualmente.

4. Planeje seu tempo e crie uma lista de tarefas

Nesta lista, inclui projetos de longo prazo, bem como as coisas mais eminentes que precisam ser feitas.

Priorize sua lista de tarefas – faça as coisas mais importantes primeiro. Ao realizar qualquer tarefa, pergunte a si mesmo: esse é o melhor uso do meu tempo? Agende em tempo suficiente para seus estudos etc.

5. Concentre-se na tarefa em mãos

Não se distraia se preocupando com todas as outras coisas a serem feitas ou perdendo energia com a situação indesejável em que se encontra. Fique no momento.

Seja implacável e cuide de uma tarefa antes que ela chegue a uma possível lista de procrastinação. Por exemplo, classifique sua postagem da manhã imediatamente de uma só vez – abra, arquive, aja ou coloque-a lá e depois.

6. Seja claro sobre o que é esperado de você

Esclareça imediatamente, sempre que você não tiver certeza ou onde estiver enfrentando demandas conflitantes. Quanto mais claro e honesto você estiver com seu gerente e com as outras pessoas com quem trabalha, melhor será para você a longo prazo.

7. Tem intervalos regulares

Afaste-se do seu local de trabalho normal, mesmo que apenas por cinco minutos. Tente fazer uma pausa no laptop, enviar e-mails e deixar o celular para trás. Certifique-se de que você sai para o almoço – não é apenas para comida, mas também para o ar fresco e uma pausa mental.

Faça um almoço saudável e, se precisar fazer um lanche, certifique-se de que ele também é saudável – uma maçã em vez de um pacote de batatas fritas. Procure maneiras de se energizar, além da adrenalina e da cafeína.

8. Aprenda a relaxar

Não importa o quão desafiador seja o trabalho ou a exigência de seus chefes, no final do dia é apenas um trabalho e você é muito mais do que isso. Nos próximos anos, você olhará para trás e se perguntará qual foi o problema.

9. Torne seu local de trabalho mais agradável

Contribuir para criar um ambiente de trabalho agradável. Não faça fofoca no escritório, pois isso só cria negatividade por toda parte. Não ouça qualquer fofoca também. Minimize seu tempo com pessoas com as quais você não ressoa ou gosta.

Aprenda a se divertir mais no trabalho. Ria mais e relaxe. Execute com uma abordagem mais divertida.

10. Revise seu dia antes de sair para casa

Veja o que funcionou bem e o que poderia ser melhorado no dia seguinte. Se você se sentir satisfeito com o trabalho do dia, por que não recompensar-se mais tarde naquele dia? Você merece isso.

11. Desligue quando sair do trabalho

Você já está no trabalho um terço do seu tempo, então não continue a mantê-lo zumbindo em sua cabeça durante o seu suposto tempo livre. Mentalmente diga adeus ao seu espaço de trabalho no momento em que você sai para casa.

Veja seu trabalho como um jogo. A vida é para ser divertida e se você vai gastar um terço dela no trabalho, você pode muito bem aproveitar o jogo.

Aproveite o seu trabalho – e, se se resume a isso, você sempre pode encontrar algo melhor a médio e longo prazo.

Beneficios do sono para a sua carreira profissional

No mundo agitado de hoje, há poucas pessoas que recusariam a oportunidade de dormir um pouco mais. A maioria dos adultos precisa de cerca de 7 a 8 horas de sono por noite, e para a maioria de nós, isso é difícil de alcançar.

Uma rotina básica de higiene do sono, como ir para a cama e acordar à mesma hora todos os dias, pode fazer uma grande diferença na qualidade do seu sono.

Você também pode evitar telas uma hora antes de dormir, criar uma rotina de descontração noturna e desenvolver outros hábitos para ajudá-lo a dormir melhor.

Hábitos como esse são eficazes, mas pode ser difícil convencer a nós mesmos a aceitá-los. Afinal, não estamos muito ocupados esmagando nossos objetivos de carreira até tarde da noite para conseguir um sono adequado?

Como se constata, consistentemente obter o sono adequado pode ser uma das melhores coisas que você pode fazer para aumentar seu sucesso na carreira . Ainda mais do que queimar o óleo da meia-noite na frente do seu laptop até as 3 da manhã.

Aqui está o que saber sobre como obter um bom sono pode disparar seu status profissional.

1. O sono pode torná-lo mais confiante

A confiança pode fazer uma grande diferença no seu desempenho no trabalho, tanto em termos de como você se comporta em torno de seus colegas de trabalho e como você entrega seus projetos.

Convenientemente, o sono proporciona uma série de benefícios que podem aumentar sua confiança.

Para começar, dormir mais pode ajudar a manter um peso e uma pele saudável. Quando você está privado de sono, é provável que você esteja mais faminto e coma mais calorias. Não dormir o suficiente foi mostrado para potencialmente levar ao ganho de peso.

Se você é um atleta, pode descobrir que seu desempenho na quadra ou no campo afeta sua confiança em outras áreas de sua vida – como o escritório. O sono também foi encontrado para ajudar a melhorar o desempenho e resistência dos atletas.

Ah, e nós mencionamos que dormir com qualidade pode ajudar a fazer a sua pele brilhar também?

É claro que a maneira como você olha ou o que você está fazendo na quadra de tênis não tem a menor possibilidade de receber uma promoção – mas a sua atitude sim. Quando você se sentir confiante , isso refletirá em sua atitude, e isso faz toda a diferença.

2. Você será mais criativo

Mesmo que você não trabalhe no que normalmente é considerado um campo criativo, a maioria dos trabalhos exige algum grau de criatividade, como pensar em seus pés e criar soluções exclusivas para os problemas.

Conseguir uma boa quantidade de sono pode ajudar a sua criatividade a brilhar, o que pode levar o seu trabalho ao próximo nível.

3. Sua memória e foco serão mais nítidos

Enquanto você dorme, seu cérebro pode ajudá-lo a solidificar suas memórias, assim como as habilidades que você aprendeu.

Se você estuda para um exame ou adquire uma nova técnica esportiva durante o dia, precisa de tempo para dormir para ajudar essas lições.

Quando você dorme o suficiente, você será capaz de pegar novas habilidades mais facilmente no escritório, e você terá uma memória mais nítida para todos aqueles pequenos detalhes que seus colegas de trabalho podem perder.

4. Você pode se sentir mais saudável em sua mesa

O sono pode ajudar a diminuir a inflamação, que tem sido associada a doenças cardíacas, derrame, dor nas articulações, erupções cutâneas, asma e outros problemas de saúde.

Obter mais sono também pode ajudar a reduzir o número de proteínas associadas a problemas de saúde do coração, além de ajudar a manter uma pressão sanguínea saudável.

Quando você está com dor ou se sentindo mal, pode ser muito difícil se concentrar em seu trabalho ou colocar horas extras. Naturalmente, problemas sérios de saúde, como doenças cardíacas, alteram muito mais a vida do que simplesmente afetar seu progresso no trabalho.

Dito isso, mais problemas de saúde menores podem se tornar incômodos e inconvenientes em seu fluxo de trabalho – e o sono pode ajudá-lo a combater isso.

5. Melhor sono pode ajudá-lo a prosperar sob pressão

Se você sofre de estresse crônico, dormir mais pode ser o ingrediente chave para mudar sua vida.

O sono tem sido associado à diminuição da quantidade de estresse, bem como a uma pressão sanguínea mais saudável.

Quando você está sob menos estresse, você poderá pensar com mais clareza sob pressão no trabalho, em vez de entrar em pânico e escolher opções de curto prazo que não são as melhores soluções.

Você será o empregado que tem a força e a calma para fazer uma pausa e realmente pensar sobre o que importa e qual a melhor opção, mesmo em situações sensíveis ao tempo.

8 melhores dicas para ser produtivo nos estudos

O estudo não é apenas para a noite antes de uma tarefa ser devida ou na noite anterior ao exame.

Nunca é cedo demais – ou tarde demais – para desenvolver bons hábitos de estudo. Quanto mais cedo você entrar em um bom ritmo de estudo, mais fácil será tudo e mais suas chances de obter boas notas vão melhorar.

Aqui estão as nossas principais dicas para tirar o máximo proveito do estudo.

1. Escolha um lugar e hora

Todo mundo tem sua própria ideia sobre o melhor lugar e tempo para estudar. Seja seu quarto à noite ou a biblioteca depois da escola, encontre um espaço de estudo e um período de estudo regular que funcione para você e continue com ele.

  • Configure seu espaço de estudo – Seu espaço de estudo deve ser silencioso, confortável e livre de distrações. Isso deve fazer você se sentir feliz e inspirado. Decore com suas fotos ou objetos favoritos. Se você quiser ouvir música ou queimar incenso, escolha um espaço que permita fazer isso.
  • Encontre seu melhor horário – Algumas pessoas trabalham melhor de manhã. Outros trabalham melhor à noite. Descobrir qual o horário mais adequado para você e planejar estudar. Não estude muito mais tarde do que a sua hora normal de dormir – se esforçar até tarde da noite pode deixá-lo cansado demais para estudar corretamente.

2. Estude todos os dias

Se você estudar um pouco todos os dias, estará continuamente revisando as coisas em sua mente. Isso ajuda você a entender as coisas. Ele também ajuda a evitar o estresse dos últimos minutos.

No começo do ano, uma ou duas horas por noite podem ser o suficiente para ficar por dentro das coisas. No final do ano, talvez você precise estudar mais a cada dia.

Se você está achando difícil encontrar tempo para estudar, reduza algumas (mas não todas!) De suas outras atividades. Priorizar o estudo pode significar gastar menos tempo on-line, ou pode significar reduzir os turnos no trabalho ou deixar passar o esporte nos fins de semana por um tempo.

3. Planeje seu tempo

Ajuda a ter alguns planos em andamento para que você aproveite ao máximo seu tempo de estudo.

  • Definir alarmes – defina alarmes para lembrá-lo dos seus planos de estudo. Um lembrete regular mantém você honesto e seus planos em andamento.
  • Use um planejador de parede – Coloque um calendário ou um planejador de parede para que você possa vê-lo sempre que estiver estudando. Marque com datas importantes, como exames e datas de vencimento de tarefas. Use-o para bloquear o seu horário de estudo regular também.
  • Fazer listas de tarefas – As listas dividem as tarefas em partes gerenciáveis. No início da semana, faça uma lista das coisas que você precisa fazer até o final da semana. Faça uma lista de tarefas no início de cada sessão de estudo também, para que você fique claro sobre o que precisa fazer com seu tempo.
  • Estabeleça limites de tempo – Antes de iniciar sua sessão de estudo, dê uma olhada em sua lista de tarefas e tenha um tempo definido para gastar em cada tarefa. Se você não fizer algo no tempo definido, considere se é o melhor uso do seu tempo para continuar, ou começar a trabalhar em outra coisa.

4. Descubra o seu estilo de aprendizagem

A maioria de nós tem uma maneira preferida de aprender. Conheça o estilo de

aprendizado com o qual você se sente mais à vontade e estude as maneiras pelas quais você aprende melhor.

Observe que esses estilos são apenas uma maneira de pensar em técnicas de estudo difíceis – elas não são regras rígidas e rápidas que dizem que você deve estudar apenas de uma maneira. Experimente cada um deles e veja de que maneiras você prefere.

Os aprendizes auditivos preferem aprender ouvindo. Tente ler suas anotações em voz alta e discuti-las com outras pessoas. Você pode querer registrar pontos-chave e reproduzi-los.

  • Alunos visuais preferem aprender vendo. Tente usar cores em suas anotações e desenhe diagramas para ajudar a representar pontos-chave. Você poderia tentar lembrar algumas idéias como imagens.
  • Alunos táticos / cinestésicos preferem aprender fazendo. Tente usar técnicas como role-playing ou construção de modelos para revisar pontos-chave.

5. Rever e revisar

Pelo menos uma vez por semana você deve rever as coisas que estudou na aula. Pensar sobre as coisas pode ajudá-lo a entender os conceitos e ajudá-lo a lembrar quando você mais precisa deles.

  • Questionário – Peça a um amigo ou membro da família que o questione sobre os principais conceitos. Ofereça-se para ajudar seus amigos com o trabalho deles também. Os questionários são ótimas maneiras de obter confiança sobre o que você sabe e descobrir o que você ainda precisa aprender.
  • Faça seus próprios materiais de estudo – Pense em algumas questões do exame prático ou crie seus próprios cartões de memória flash para ajudá-lo a estudar. Dessa forma, você aprende tudo duas vezes: uma vez quando você faz os materiais de estudo e uma vez quando os usa para revisar.

6. Faça pausas

É importante fazer pausas enquanto você estuda, especialmente se estiver cansado ou frustrado. Trabalhar muito tempo em uma tarefa pode realmente diminuir seu desempenho.

Quando você fizer uma pausa, certifique-se de ficar longe da sua mesa ou do seu espaço de estudo. Um pouco de física – mesmo que seja apenas uma caminhada ao redor do quarteirão – às vezes pode ajudá-lo a analisar um problema de uma maneira diferente e pode até mesmo ajudá-lo a resolvê-lo.

7. Peça ajuda

Se você está preso em alguma coisa, ou algo simplesmente não parece fazer sentido, você sempre pode pedir ajuda. Converse com seus professores ou palestrantes sobre as coisas que você não entende. Converse com seus amigos e colegas também.

8. Mantenha-se motivado

Quando você está estudando, ajuda a ter em mente suas razões para fazer todo esse trabalho duro, como um curso ou um

Advogado de separação: saiba quando é necessário contratá-lo e por que você precisa dele

De acordo com dados do IBGE, em 1984, existiam 93.300 divórcios por ano, representando 10% dos casamentos. Em 2016, esse número passou para 344.000, representando 31,4%.

Ou seja, 1 a cada 3 casamentos no Brasil acaba em divórcio. Esse “surto” de divórcios começou a acontecer porque o preconceito está menor.

Mas, apesar do avanço da legislação, muitas pessoas ainda acham que estão presas às outras e têm medo de encontrar dificuldades para se separar.

Por isso que é de suma importância que você consulte um advogado de separação antes de dar entrada no divórcio, assim você faz tudo de maneira mais segura. Entenda melhor o assunto!

Você precisa mesmo de um advogado de separação?

Caso você e o seu atual cônjuge estejam de acordo com a separação (o que é chamado de separação amigável ou divórcio consensual), e não tiveram filhos incapazes ou menores de idade, você pode dar entrada no divórcio pelo cartório.

O divórcio consensual feito em cartório é chamado de “extrajudicial”, mas, mesmo assim, é necessário que tenha um advogado presente, que pode ser apenas um para os dois, ou um de cada lado.

Por que um advogado de separação é tão importante?

Se vocês tiverem filhos incapazes ou menores de idade, mesmo que seja uma separação amigável, é necessário que entrem em um processo judicial.

Dessa maneira, vai ser necessário envolver o Ministério Público e também um advogado para os dois ou um para cada.

Mas, se vocês não estiverem de acordo, vai ser necessário entrar com um processo judicial para partilhar os bens, resolver a pensão alimentícia, guarda dos filhos e visitas.

No caso de uma separação conturbada, será necessário um advogado para cada parte, representando seus interesses e não deixando que você tenha problemas maiores no processo.

Qual é o prazo mínimo para se separar?

Antigamente, era necessário o prazo de um ano para se separar, mas, agora, esse “período de reflexão” (como era chamado nesse tempo) não existe mais.

Além disso, outra coisa que muita gente tenta fazer ao se separar e acha que esse é o principal motivo do advogado de separação é querer jogar a culpa para cima do atual parceiro.

Porém, isso não é relevante, e não existe mais culpa por se separar, porque agora o Estado não mantém mais o casal junto caso um dos dois queira o divórcio.

Você deve ter visto o caso da “Cleusa de mala e cuia” que repercutiu na internet. É importante saber que o esposo dela não tem o poder de mantê-la casada por 25 anos, já que o Estado não obriga alguém a ficar com ela.

A única necessidade de provar danos morais ou “culpa” é quando se trata de guarda de filhos e pensão alimentícia.

Será que essa é a hora de contratar um advogado de separação?

Se você está se separando, seja amigavelmente ou não, é importante contratar um advogado de separação para que tudo seja compartilhado de maneira igual e você não saia lesado.

Agora que você já sabe sobre o assunto, aproveite para ler mais sobre os seus direitos. Tem alguma dúvida relacionada à separação? Então, deixe um comentário que te ajudamos nesse desafio.

13 Melhores Aplicativos de Produtividade para 2019

Aqui estão os meus novos aplicativos de produtividade móvel favoritos para 2018. Há aplicativos para criação de conteúdo, instruções de vídeo, anotações de multimídia, digitação inteligente e hábitos produtivos. Quase todos esses aplicativos são gratuitos.

Notas de voz da lontra

Notas de voz da lontra

Notas de voz da lontra

O Otter Voice Notes permite criar notas de voz que combinam áudio, transcrição, identificação de alto-falante, fotos em linha e palavras-chave resumidas. Grave ao vivo (via microfone, AirPods ou Bluetooth) ou importe gravações de áudio e vídeo existentes. Veja a transcrição em tempo real. Inserir imagens, pesquisar palavras-chave, marcar caixas de som e editar texto. Compartilhe conversas por meio de links públicos ou convites privados. Disponível para Android e iOS. Preço: grátis

Wisdo

Wisdo

Wisdo

O Wisdo é uma rede social para obter conselhos de outras pessoas e compartilhar sua experiência – da positividade corporal à ansiedade e à maternidade. Disponível para Android e iOS. Preço: grátis

easyUp

easyUp

easyUp

O easyUp é uma ferramenta para as equipes se comunicarem e colaborarem por meio de check-ins em vídeo. Standups – atualizações rápidas de status – podem ser gravadas de forma assíncrona, carregadas até a noite anterior. Programe os standups de acordo com as suas necessidades: diariamente, três vezes por semana, uma vez por mês. Todos os vídeos são automaticamente transcritos e podem ser pesquisados. Disponível para iOS. Preço: US $ 7 por mês.

Agenda

Agenda

Agenda

Agenda é um aplicativo de anotações com foco em datas para planejar e documentar seus projetos. Com seu cronograma, a Agenda fornece uma imagem de projetos passados, presentes e futuros, permitindo que você acompanhe suas anotações e seu progresso. Disponível para iOS. Preço: grátis

Voopter | iOS | Android

Um buscador de voos interessante: com ele você pode marcar quatro datas de ida e quatro datas de volta para encontrar a combinação mais barata. Também permite a criação de alertas para receber promoções sobre trechos de interesse. Uma ótima dica de aplicativo para viagem.

Super Hábito

Super Hábito

Super Hábito

Super Hábito é um aplicativo para construir hábitos diários saudáveis ​​e melhorar sua vida. O Super Hábito mostra seu progresso em um calendário anual, sua tendência atual e mais longa para cada hábito, bem como suas taxas de conclusão anuais e de todos os tempos. Disponível para iOS. Preço: grátis

Desdobrar

Desdobrar

Desdobrar

Desdobrar é um kit de ferramentas para criadores de conteúdo e contadores de histórias. Crie histórias bonitas e envolventes com modelos limpos, mínimos e modernos. Visualize seu conteúdo no modo de história antes de postar nas mídias sociais. Disponível para iOS e Android. Preço: grátis

Jumprope

Jumprope

Jumprope

O Jumprope é um aplicativo para criar vídeos de instruções passo a passo. Edite usando velocidade, música, texto e filtros e vincule a produtos. Exporte para o Instagram Stories, Facebook, Pinterest, YouTube ou seu próprio site. Disponível para iOS. Preço: grátis

Atalhos

Atalhos

Atalhos

Os atalhos fornecem uma maneira rápida de realizar tarefas com aplicativos de terceiros com apenas um toque ou perguntando à Siri. Crie atalhos com várias etapas a partir de seus aplicativos favoritos. Comece a partir de centenas de exemplos na galeria ou arraste e solte para criar o seu próprio. Atalhos inclui mais de 300 ações internas. Disponível para iOS. Preço: grátis

Carvalho

Carvalho

Carvalho

Carvalho é um aplicativo para descomprimir, transformando práticas de meditação de experimentos em hábitos. Individualize suas meditações por duração e personalize com silêncio ou acalmando sons de fundo. Oak rastreia seu progresso e incentiva você a continuar construindo uma prática de meditação saudável. Disponível para iOS. Preço: grátis

Grammarly Keyboard

Grammarly Keyboard

Grammarly Keyboard

Grammarly Keyboard ajuda você a escrever em seu dispositivo móvel sem erros e com facilidade em qualquer aplicativo. Ele fornece centenas de verificações e recursos, além de integração perfeita. Disponível para Android. Preço: grátis Pro planos começam em US $ 11,66 por mês.

Floresta

Floresta

Floresta

Forest é uma ferramenta para ajudar a distrair-se com o seu telefone e fazer mais coisas. Plante uma semente na floresta. Com o passar do tempo, essa semente irá gradualmente se transformar em uma árvore. No entanto, se você não puder resistir à tentação de usar o telefone e sair do aplicativo, a árvore irá murchar. Disponível para Android e iOS. Preço: grátis

Bouncer

Bouncer

Bouncer

O Bouncer oferece a capacidade de conceder permissões temporariamente de outros aplicativos. Assim que você sair do aplicativo, o Bouncer removerá automaticamente a permissão em um instante para que você possa voltar a fazer o que faz melhor, sem precisar se preocupar com aplicativos invadindo sua privacidade e desperdiçando sua bateria. Disponível para Android. Preço: US $ 0,99.

JigSpace

JigSpace

JigSpace

O JigSpace é uma plataforma para explorar e compartilhar conhecimento 3D verdadeiramente interativo para qualquer coisa. Mergulhe em dezenas de Jigs, aprenda no seu próprio ritmo e satisfaça sua curiosidade. Com o lançamento do Jig Workshop, os usuários podem criar e compartilhar Jigs. Disponível para iOS. Preço: grátis

Artigo escrito pela equipe de conteúdo da HunterApp, empresa de desenvolvimento de aplicativos. Visite https://www.hunterapp.app/

Descubra as diferenças entre os tipos de empréstimo

Entender as diferenças entre os tipos de empréstimo é a melhor forma de garantir que você vai escolher a melhor modalidade para você. Independente de se você precisa do crédito para sanar dívidas, dar a entrada em um imóvel, reorganizar a sua vida financeira ou fazer uma compra, com certeza existe um tipo perfeito para você.

Porém, escolher uma modalidade sem planejamento pode fazer com que você se enrole com as dívidas. Então, antes de assinar qualquer contrato, não deixe de ler este artigo até o final. Assim, você consegue avaliar melhor as vantagens e desvantagens de cada modalidade!

Vamos começar?

Descubra as diferenças entre os tipos de empréstimo

Juros

Antes de tudo, sempre queremos saber quais são as taxas de juros. Neste caso, o modelo com os menores valores é o empréstimo consignado. Isso porque essa modalidade estipula o valor máximo de 30% do salário do funcionário para cada parcela.

Em segundo lugar, está o empréstimo pessoal. Apesar de as taxas serem um pouco mais altas que no primeiro caso, elas ainda estão dentro do valor aceitável pelo mercado e não são abusivas.

Já o empréstimo rotativo do cartão de crédito e o cheque especial costumam ter taxas bastante altas. Portanto, evite estes modelos ao máximo.

Tempo de pagamento

Neste caso, o empréstimo consignado e o pessoal também são mais vantajosos. Em ambas as modalidades, é possível escolher o tempo de pagamento. Mas atenção: quanto mais parcelas, maiores serão as taxas de juros.

O cheque especial geralmente oferece o período de um dia útil para pagamento sem a cobrança de juros. Após esse tempo, as taxas são bastante altas e aumentam conforme os dias passam.

Já o empréstimo rotativo geralmente oferece um prazo pré-determinado para que você consiga fazer o pagamento total da fatura.

Empréstimo para negativados

Quando você tem o nome incluso nos órgãos de proteção ao crédito, fica mais difícil conseguir a margem para empréstimo. Nesse caso, o consignado pode ser a única opção viável.

Caso você tenha o pagamento do cartão de crédito em dia, também será possível continuar utilizando esse limite de crédito. Porém, tome cuidado: é muito fácil se perder no pagamento e também perder essa opção.

O cheque especial e o empréstimo pessoal são quase impossíveis de conseguir caso você esteja negativado. Portanto, procure sempre cuidar da sua vida financeira para não entrar nessa situação!

Trabalhadores registrados x autônomos

Quando você trabalha com a carteira assinada, fica mais fácil conseguir um empréstimo. Isso porque o consignado é firmado entre a empresa e a instituição financeira, oferecendo mais segurança do pagamento.

Vale ressaltar que é preciso trabalhar neste modelo por pelo menos 6 meses antes de solicitar a contratação.

Agora, quem trabalha de forma livre geralmente precisa solicitar o empréstimo pessoal. O cheque especial e o empréstimo rotativo também estão disponíveis para esse público.

Agora que você conhece as principais diferenças entre os tipos de empréstimo, chegou a hora de começar a sua pesquisa. Compare as diferentes taxas presentes no mercado para ter a certeza de que você fará a contratação com os menores juros.

Não esqueça também de manter a sua vida financeira organizada para evitar o descumprimento do acordo. Quando você deixa de pagar a parcela de um empréstimo, as taxas podem se tornar bastante abusivas.

Nesse caso, existe a possibilidade de que você se endivide ainda mais e não consiga sair dessa situação. Portanto, coloque sempre o planejamento em primeiro lugar para evitar que isso aconteça!

Veja aqui mais conteúdos exclusivos sobre empréstimo!

Se você inda tiver alguma dúvida sobre as diferenças entre os tipos de empréstimo, utilize o espaço abaixo para deixar a sua pergunta. Aproveite também para compartilhar o artigo nas redes sociais!

Como escolher um anel de diamante falso

As pessoas muitas vezes escolhem anéis de diamantes falsos quando querem apreciar a aparência de uma pedra que parece um verdadeiro diamante, mas a um preço mais acessível. Vamos ver quais tipos de imitações de diamante estão disponíveis e o que você deve considerar ao comprar um anel com um diamante falso.

Diamantes falsos: o que eles são feitos de

Diamantes falsos são criados a partir de materiais que lembram a aparência de diamantes reais. Ao contrário dos diamantes sintéticos, que são idênticos aos reais em termos de maquiagem, os diamantes falsos diferem dos diamantes naturais quando se trata de propriedades químicas e físicas.

Há muitos materiais diferentes que podem ser usados ​​para produzir um diamante falso, e eles variam em dureza, durabilidade, cor e claridade.

Escolhendo um diamante falso para o seu anel

Embora comparar os preços dos anéis de diamantes falsos seja bastante simples, a decisão sobre uma pedra em particular não é.

Há imitações de diamante que parecem mais incolores do que outras, e há também algumas que arranham mais facilmente do que pedras feitas de materiais mais duros.

Aqui estão algumas das opções mais comuns que você pode escolher para o seu anel de diamante falso:

Zircônia cúbica: Esta é uma das imitações de diamante mais populares. Uma das razões para sua popularidade é seu baixo preço. A zircônia cúbica também se parece muito com o diamante real.

No entanto, este material é definitivamente menos durável do que o real . Enquanto o diamante é classificado como 10 (o mais alto) na escala de dureza de Mohs, a zircônia cúbica é de 8,0 a 8,5.

Por essa razão, você pode esperar que uma pedra de zircônia cúbica acumule uma série de arranhões visíveis depois de usá-la por um determinado período de tempo.

Safira Branca: Esta pedra é outro substituto popular para o diamante real. A coisa boa sobre a safira branca é que ela é mais barata e razoavelmente incolor.

Embora não seja tão dura quanto o diamante (a safira branca é 9 na escala de Mohs), essa pedra é mais dura que a zircônia cúbica.

Moissanite: Este é um mineral muito raro, e as imitações de diamante feitas são geralmente criadas em laboratório.

Moissanite parece muito semelhante ao diamante , e muitas pessoas que não têm experiência olhando atentamente para pedras preciosas não podem dizer a diferença.

(Uma das maneiras de reconhecer o moissanite olhando para ele é notar seu brilho, que tende a ter mais cores do que a de um diamante real.)

Com sua alta dureza (9,5 na escala de Mohs), a moissanite é talvez a imitação de diamantes que mais se aproxima do real em termos de durabilidade.

Vidro: Devido à sua abundância, este material é amplamente utilizado para fazer diamantes falsos. A coisa boa sobre o vidro é que é muito barato.

No entanto, é muito mais suave do que o diamante, e se você escolher o vidro para um anel de diamante falso, não demorará muito para ver arranhões em sua pedra falsa.

Diamantes e tamanho falsos

Ao escolher um diamante falso, você também deve considerar seu tamanho. Enquanto a maioria das pessoas pensa que quanto maior é melhor quando se trata de diamantes reais, usar uma imitação que seja muito grande não é recomendada.

Por um lado, quanto maior a pedra, mais facilmente as pessoas poderão perceber que é falsa.

Isso, é claro, depende do material do qual o falso é feito, mas, em geral, a maioria das imitações diferem dos diamantes em termos de brilho e brilho, e um tamanho maior pode tornar essas diferenças mais óbvias.

Além disso, não esqueça que as falsificações são mais fáceis do que os diamantes reais, e os riscos tendem a ser mais visíveis nas pedras maiores.

Escolhendo um cenário para o seu anel de diamante falso

Se você estiver olhando para economizar dinheiro comprando um diamante falso, não faz sentido definir uma pedra falsa em um cenário caro (como uma feita de platina, por exemplo).

Uma escolha mais consciente dos preços para um cenário branco seria prata ou ouro branco.

Se você escolher ouro amarelo, tenha em mente que os anéis de quilates mais altos são mais caros, mas, como eles contêm mais ouro, eles também são mais macios e menos duráveis ​​do que os de quilate inferior.

Um anel de 10K ou 14K não será apenas mais barato, mas também mais difícil de arranhar.

Onde comprar imitações de diamante?

Um local muito bom para se comprar imitações de diamantes é em uma loja em que tenham semijoias para revender.

10 maneiras livres para direcionar o tráfego para seu site

Um bom site de negócios, criado por uma agência de criação de sites sp, é como ter um funcionário extra – alguém que trabalha 24 horas por dia, sete dias por semana e pode ser o rosto de sua empresa, fornecer informações, responder a consultas e até mesmo fazer vendas. Mas o que você faz se não estiver recebendo visitantes do seu site? Neste post, abordaremos treze das muitas maneiras de direcionar tráfego para seu website.

A importância do tráfego do site

O tráfego do site é um indicador importante e impulsionador do crescimento dos negócios. Pode ajudá-lo a:

•   Veja como o seu marketing está funcionando 
•   Reúna insights sobre seu público para tomar decisões 
•   Melhore sua credibilidade em mecanismos de busca e SEO 
•   Gere mais leads, aumente as conversões e atraia mais clientes

Como obter mais tráfego do site gratuitamente

Existem 1,24 bilhões de sites no mundo . Isso é muita concorrência, mas tenha em mente que você não está tentando atrair todos os usuários da Internet. Seu objetivo é conseguir que mais pessoas em seu público-alvo visitem seu site. Abaixo estão algumas maneiras simples e gratuitas para aumentar a quantidade de tráfego relevante que você está recebendo para o seu site.

1. Crie uma conta do Google Meu Negócio

Você sabia que uma listagem otimizada do Google Meu Negócio  recebe 7 vezes mais visitas do que uma incompleta? Não se esqueça de que os links da sua listagem para o seu site, por isso, essa é uma ótima maneira de obter mais tráfego para seu website. Tenha em mente também que o Google está ficando mais inteligente e mais inteligente com os resultados. Se a sua listagem fornecer todas as informações de que um cliente em potencial precisa para tomar uma decisão, ele poderá abrir mão do seu site e entrar em contato / visitar sua empresa diretamente – até melhor do que uma visita ao website!

2. Realize o SEO On-Page

Existem muitas táticas de SEO que você pode executar em cada uma das páginas do seu site para aumentar sua classificação nos mecanismos de busca e obter mais visitantes. Isso inclui a produção de conteúdo de alta qualidade que seu público esteja pesquisando e a redação de meta descrições concisas para suas páginas. A meta descrição aparece abaixo do seu URL nos resultados da pesquisa. Saber o que é uma página e o que resultará em um clique torna os usuários muito mais propensos a fazê-lo. As táticas de SEO na página como estas são gratuitas, mas demoram um pouco. Para obter mais ajuda com SEO on-page, confira esta postagem no blog: Fatores de Ranking do Google: SEO On-Page versus Off-Page .

Related: Guia de bolso SEO (PDF grátis)

3. Seja listado

Outra maneira de aumentar o tráfego para o seu site é listada em diretórios on-line gratuitos e sites de revisão . Para a maioria desses sites, seu perfil terá um link para seu website, portanto, atualizar ativamente essas listagens e obter comentários positivos provavelmente resultará em mais tráfego no website. Além disso, muitos diretórios como o Yelp têm autoridade de domínio forte no Google. Há uma chance de que a página gratuita do Yelp da sua empresa tenha uma classificação alta para pesquisas relevantes, o que pode ajudar a direcionar mais tráfego para seu site.

4. Publique nas Redes Sociais

A mídia social é uma das ferramentas de marketing gratuitas mais populares e desempenha um papel importante na geração de tráfego para seu website. Use o Facebook, Instagram e LinkedIn para promover posts e outros conteúdos úteis em seu site. Dessa forma, você pode levar seus seguidores de mídia social ao seu site, bem como usuários que seguem as pessoas que compartilham seu conteúdo. Criar conteúdo útil é gratuito e não é tão difícil quanto parece. Você é o especialista em seu produto / serviço; seu trabalho é simplificá-lo para o seu público.

5. Use Hashtags

Ao adicionar hashtags a postagens que promovem as páginas do seu site e postagens de blog, você pode estender seu alcance além da sua rede e ser descoberto por usuários que pesquisam seus produtos e serviços. Quanto mais olhos estiverem em seus links, mais tráfego você estará recebendo gratuitamente para o seu website.

Relacionados: Hashtag Marketing eBook

5. Use páginas de destino

As páginas de destino são outra fonte gratuita de tráfego para seu website. Estas são páginas específicas das suas ofertas, como para resgatar um código de desconto, fazer o download de um guia gratuito ou iniciar uma avaliação gratuita. Eles contêm os detalhes que os usuários precisam para avançar e se converter, e se concentram em uma chamada específica para ação, o que aumenta a probabilidade de acontecer. Como as páginas de destino são tão específicas, você pode ficar muito segmentado em suas mensagens, aumentando o tráfego para essas páginas.

6. Palavras-chave de cauda longa

Embora as palavras-chave de cauda curta sejam frequentemente pesquisadas com mais frequência, é mais difícil classificá-las nos mecanismos de pesquisa. A segmentação de palavras-chave de cauda longa , por outro lado, oferece a você uma melhor chance de obter uma classificação mais alta ( mesmo na primeira página ) de consultas específicas para seus produtos e serviços, e uma classificação mais alta significa mais tráfego. Além disso, à medida que os mecanismos de pesquisa e os recursos de voz para texto avançam, as pessoas estão usando frases mais específicas para pesquisar on-line. Existem muitas ferramentas gratuitas disponíveis para ajudá-lo a encontrar palavras-chave para segmentar, como o Responda ao Público .

7. Inicie o e-mail marketing

Enviar boletins informativos regulares e promover ofertas por e-mail é uma ótima maneira de manter contato com seus clientes e também pode ajudar a obter tráfego para seu site. Forneça informações úteis e links para páginas em seu site, onde eles podem aprender mais, como por meio de postagens de blog e páginas de destino para ofertas específicas . Apenas certifique-se de que você não bombardeie continuamente seus leitores com e-mails ou que seus clientes se desliguem, excluam ou cancelem a inscrição de seus e-mails.

Além disso, coloque um pensamento cuidadoso em suas  linhas de assunto de e-mail . Estes influenciam fortemente se um usuário abre seu e-mail ou não. Se seus e-mails nunca forem abertos, eles não poderão fornecer tráfego para seu site.

Este método de aumentar o tráfego do site é gratuito, desde que sua ferramenta de e-mail marketing seja gratuita. Muitas plataformas (como o Mailchimp ) têm uma versão gratuita com a qual você pode começar.

8. Blog do convidado

Ter um influenciador da indústria publicar uma postagem de blog no seu site ou transformar uma entrevista com ela em uma postagem do blog pode ajudar a direcionar o tráfego por meio da pesquisa orgânica, mas também por meio desse influenciador que promove o conteúdo para o público. Isso também pode ajudar a adicionar mais variedade ao seu conteúdo e mostrar a seus visitantes que você está ativo em seu campo.

Como alternativa, você pode pedir ao influenciador para mencionar sua empresa em sua própria revisão ou postagem de resumo. Este método ainda é gratuito, mas você ainda precisa que a colaboração com o influenciador seja uma troca com benefício mútuo. Confira este post sobre como entrar em contato com influenciadores com uma pergunta apropriada.

Você também pode ser um blogueiro convidado. Identifique negócios complementares na sua área cujo público seja relevante para o seu negócio. Veja se você pode contribuir com um post para o blog deles com um link para o seu site. Certifique-se de que seu conteúdo é relevante e útil para o público, para que seja mais uma troca equilibrada.

9. Envolva-se Online

É livre para ser ativo em grupos on-line e em websites relevantes para sua empresa e comunidade, além de ajudar você a obter mais tráfego. Comente sobre blogs e postagens de mídia social, responda a perguntas que as pessoas estão postando e participe de conversas sobre seu setor. Quanto mais você se envolver com sua comunidade , mais exposição e visitas a seu perfil.

Se seus perfis de mídia social contêm um link para seu website, você transformou seu engajamento em outro canal para o tráfego do website. Só não se esqueça de se envolver de forma moderada e sincera, e evitar incluir links para o seu site em seus comentários, para que você não apareça com spam e  prejudique a sua reputação online e comercial . O aumento de tráfego não deve ser o objetivo do seu engajamento, mas sim um resultado secundário.

10. Aprenda com o seu Analytics

O Google Analytics é gratuito e os insights obtidos a partir dele podem ajudar você a direcionar mais tráfego para seu website. Use links rastreados para suas campanhas de marketing e verifique regularmente as análises do seu site . Isso permitirá que você identifique quais estratégias e tipos de conteúdo funcionam, quais precisam de melhorias e com quais você não deve perder seu tempo.

Formas pagas para obter mais tráfego no site

11. Anuncie Online

A publicidade on-line é talvez a maneira mais básica de atrair mais pessoas para o seu site. Mídia social, pesquisa paga e publicidade gráfica são excelentes canais para publicidade PPC para aumentar o tráfego do site. Para mais ajuda com publicidade on-line, confira o seguinte:

• e-book de publicidade on-line  (PDF gratuito) 
• 10 dicas de publicidade do Facebook
• Como anunciar no Google
•  Noções básicas de publicidade de mídia social
• O que é publicidade PPC?

Estas são apenas algumas das muitas estratégias que você pode usar para direcionar o tráfego para seu website. Conseguir mais visitantes do site não acontece durante a noite. É preciso muito trabalho e dedicação, mas eliminamos a parte difícil para você: saber o que fazer em primeiro lugar. Implemente uma combinação dessas estratégias e você verá melhorias no tráfego do seu website.

Planejamento de RH para 2019

O planejamento estratégico é importante para todas as organizações. Mas, antes de iniciar um planejamento estratégico é importante reconhecer as necessidades dos indivíduos, saber quais são os caminhos para se desenhar o futuro saudável e auto sustentado com resultados efetivos para o negócio.

O planejamento de RH começa no recrutamento e seleção. O Software de Recrutamento e Seleção com Inteligência Artificial, possibilita a gestão de processos seletivos automatizada, além da aplicação de com testes e vídeo entrevistas.

É importante que o planejamento de RH seja feito de conformidade com os objetivos organizacionais. Por isso, é necessário saber o que acontecerá com a empresa a curto, médio e longo prazo para poder realizar um planejamento de recursos humanos coerente.

Levando em conta que as percepções humanas são valiosas frente aos diversos fatores internos e externos (presentes no dia a dia das pessoas da organização). É necessário desenvolver um planejamento estratégico participativo, onde todos os colaboradores e gestores sejam peças principais.

 

Dicas para potencializar o Recursos Humanos

Antes de falarmos sobre o planejamento, confira algumas dicas essenciais para o RH:

1. Realize o planejamento do orçamento

É importante que para o RH realize o planejamento do orçamento de férias dos colaboradores, promoções, investimentos em treinamentos, futuros desligamentos e contratações, entre outros. Com isso, é possível evitar com que ocorra impactos negativos financeiros para empresa.

 

2. Realize a apresentação de indicadores x resultados

A projeção dos indicadores é importante para a empresa. Mensurar os resultados no final de cada ciclo é imprescindível para o desenvolvimento do planejamento do ano seguinte. Não basta ter somente indicadores verdes, o importante é saber quais resultados eles proporcionam para a organização;

 

3. Treine e desenvolva os colaboradores

Para alcançar objetivos com eficiência e eficácia, a empresa precisa preocupar-se com o treinamento e desenvolvimento de seus membros.

 

4. Aprimore o Recrutamento e Seleção

Utilize software de Recrutamento e Seleção com Inteligência Artificial. Eles ajudarão na gestão de processos seletivos possibilitando: Criação de  requisições, personalização e automatização das etapas dos processos, compartilhamento das vagas em diversos canais, aplicação de testes técnicos, realização de Fit Cultural e da tendência de comportamento dos candidatos, análise de vídeo entrevistas, compartilhamento dos finalistas com gestores, análise os relatórios e realização de admissão digital.

 

Dicas de Planejamento de Recursos Humanos para 2019

Algumas dicas para um bom planejamento de RH:

 

1. Retenção de talentos

A retenção de talentos segue é um dos maiores desafios de RH. Pois, para manter os funcionários motivados é necessário muito planejamento e estratégia. Por isso, é preciso estar atento a cultura organizacional.

O foco aqui deve ser desenvolver um bom plano de carreira. A organização precisa ter uma política transparente de cargos e salários, promoções atreladas a metas e dar feedbacks contínuos ou estruturados. Com isso, os funcionários terão menos um motivo para buscar vagas na concorrência.


2. Desenvolvimento de lideranças

Desenvolver líderes que possam dar andamento aos projetos da organização no futuro, é desafio do RH, juntamente com a alta gestão da empresa. Para isso, é importante identificar os talentos com potencial para liderança, para tirá-los da zona de conforto, assim eles poderão desenvolver suas habilidades.


3. Introduza a gestão horizontal

Nesse modelo há uma sinergia muito grande entre as equipes, onde cada profissional toma responsabilidade individual por suas entregas. Porém, esse novo método requer muita disciplina e confiança da empresa nos funcionários. No entanto, o papel do RH é montar a equipe com os talentos certos para render ótimos resultados para  produtividade e ao ambiente interno da organização.

Com a aplicação dessas dicas e diretrizes o seu planejamento de RH vai render bons frutos em 2019!

Dicas Para Professores De Como Lidar Com Pais E Alunos Difíceis

Antigamente, ser professor no Brasil era um sonho para muita gente e uma profissão respeitada. Hoje infelizmente, vemos que a profissão se tornou desvalorizada, com péssimos salários, condições ruins e alunos difíceis, que muitas vezes apelam para violência, o que acaba dificultando ainda mais a relação entre ambos.

Pior do que isso tudo, é lidar com alunos assim e encontrar nos pais ainda maiores dificuldades, e nesse caso, é necessário ter muito jogo de cintura, para conseguir se sobressair e ainda ficar bem com todos. Neste artigo, daremos dicas para professores de como lidar com pais e alunos difíceis, e manter uma sala de aula de sucesso.

Tenha regras claras em sala de aula

Um dos grandes problemas que os professores podem encarar dentro de sala de aula, é não ter regras claras e depois sofrer as consequências com alunos desordeiros. Desde o primeiro dia de aula, deixe claro quais são as regras na sala como lixo no lixo e falar somente quando tiver dúvidas.

Quando uma sala não tem regras, os alunos se sentem livres além da conta para falar e fazer o que quiserem, e para não ter problemas desde o início, estabeleça todas as normas necessárias para que aja disciplina e respeito entre todos.

Cuidado! Não perca o controle

Um professor que grita diante dos alunos, é um decente despreparado ou no mínimo descontrolado. Perder o controle diante de uma sala movimentada, não é o ideal, por isso é fundamental que você não deixe transparecer seus pontos francos e nunca eleve a voz, além do que eles precisam ouvir.

Quando gritamos, estamos pedindo para ser ouvidos, porém automaticamente também estamos dizendo nas entrelinhas, que estamos fora da razão e então perdemos a credibilidade. Procure segurar ao máximo as emoções e deixe a razão contornar os conflitos mais desafiadores.

Ganhe a confiança do aluno e dos pais

aluno estudando

Alunos difíceis, as vezes também tem pais complexos. Para lidar com ambos sem ter grandes revezes, a melhor opção é ganhar a confiança deles. Em sala de aula, procure demonstrar autoridade e firmeza, porém sendo gentil e correto em suas ações, passando ao aluno uma segurança que ele não conseguirá derrubar facilmente.

Com os pais, se mostre um profissional capacitado e experiente, que o filho(a) é um bom aluno, porém precisa melhorar em alguns pontos, e foque no comportamento e personalidade mais resistente. Seja profissional e racional, deixando claro que são as atitudes e não a pessoa que precisam ser melhoradas.

Aja com respeito e firmeza diante dos pais

O respeito precisa ser sempre o ponto principal de qualquer diálogo, pois na falta deste pequeno detalhe, qualquer acordo estará acabado. Seja respeitoso, mas firme. A firmeza é não deixar as emoções e principalmente alguma desavença pessoal comprometer a relação aluno e professor. Mostre aos pais onde o filho está errando e o que precisa melhorar e que você quer ser um aliado nesse processo de crescimento dele.

Converse com o aluno e os pais a parte

Nunca fale com o aluno e os pais juntos, pois pode haver conflitos que nem sempre você poderá intervir. Converse com o aluno primeiro e entenda onde pode estar havendo o conflito com ele, os problemas que causem diferenças e confusões entre vocês e ele na sala de aula.

A parte, chame os pais e explique onde a criança está agindo de forma errada e o que precisa ser mudado. Bons pais irão ouvi-lo e conversar com o aluno, tentando restabelecer a ordem e agindo com o filho com firmeza para este, se corrigir com você e os colegas.

Lidando com conflitos e sendo um professor mais eficaz

roda de ptofessores

Ser professor é um desafio muito grande nos dia de hoje, por isso é fundamental que este saiba sobressair de dificuldades com alunos e com os pais, de maneira educada e solucionando os problemas.

Por isso é primordial fazer o curso online grátis de Benefícios da Parceria Entre Escola e Família, pois assim saberá como manter uma comunicação efetiva com os pais e fortalecendo a relação com os alunos.